Etiqueta: projecto de vida

Para Empreender, Começa Por escolher Uma Ideia.

Para Empreender, Começa Por escolher Uma Ideia.

Para Empreender, Começa Por escolher Uma Ideia.

✨ Vejo muitas pessoas que têm um desejo muito forte em criar algo seu, ser (mais) livre, ter mais tempo, passar mais tempo com a família e os amigos, ter uma vida mais realizada e no meio de tantas ideias e da correrria dos dias, acabam por fazer um cockatils de ideias e de decidir ideia nenhuma e de não empreender nada.

Quem por aqui? Também me aconteceu!

Teimamos em pensar que ainda não estamos preparados, que ainda não sabemos tudo o que é preciso saber (como se conseguissemos prever tudo!) que não sabemos ainda fazer as coisas (temos que ouvir mais um video ou fazer mais uma formação!)
✨Somos muito mais capazes do que pensamos e estamos sempre prontos para o momento!

Pensamos que se calhar o que poderemos fazer só vai impactar meia dúzia de pessoas (como se fosse pouco ou menos importante!)
✨Se começarmos por impactar uma pessoa, uma vida, já valeu a pena! e nota, na verdade nunca sabemos toas as pessoas que relamente inspiramos ou impactamos.

Depois olhamos para o lado pelo canto do olho e achamos que nunca vamos fazer daquela maneira ou tão bem quanto! Não vamos mesmo primeiro porque percebemos que não queremos.
✨Cada pessoa é única e esse é o nosso maior tesouro.

Depois vem o perfeccionismo. Seja o que fôr, ainda não está muito bem. Precisamos aperfeiçoar!
✨“Feito é melhor que perfeito”

Somos muito mais capazes do que pensamos! E o que precisamos de fazer, é ser o que somos realmente a agir em conformidade!

Fácil? Nem sempre. Somos um projecto em curso e em aperfeiçoamento. ♥

Abraaço,

Como Podes Transformar a Tua Paixão Num Projecto de Vida?

Como Podes Transformar a Tua Paixão Num Projecto de Vida?

COMO PODES TRANSFORMAR  A TUA PAIXÃO NUM PROJECTO DE VIDA? ♥

Sei que esta pergunta passou várias vezes pela tua cabeça. Verdade? Mas como?

Apesar de haver já muitas pessoas a trabalhar no que realmente as apaixona e a viver as vidas que idealizaram, acrediito que há um número ainda bem maior de pessoas que não acreita ser possivle e que acredita que esta ideia é pouco real ou mesmo longíqua.

A grande questão não é onde te encontras agora. Mas para onde queres ir, qual a tua visão de futuro.

Temos a tendência  para olhar para a nossa situação actual e ver-mo-nos nela durante muito tempo e muito provavemente, sem uma maneira concreta para mudar. Nota que,  essa é somente a nossa percepção. Por estarmos tão emocionalmente envolvidos, ormalmente não conseguimos ter a distância e clarezas necessárias para analisar e observar a situação de outra forma e com outras possibilidades.

Vou partilhar contigo 3 passos simples e podes começar hoje:

#1_Se já viste acontecer, então é possível. E é possível também para ti. Acredita.
#2_Pega num caderno ou num diário e coloca no papel as ideias que tens. Sabemos que perdemos uma parte do que não registamos. E porque um pensamento num micro-segundo do qual não nos conseguimos lembrar mais tarde. Regista tudo, não excluas nada. Agora não é tempo de seleccionar. Deixa fluir para o papel. E neste processo vem muitas vezes da nossa intuição. Precisamos muito escutar a nossa intuição.
#3_Se está no teu pensamento, é porque é importante. Escolhe alguém que já fez o que gostarías de fazer e conecta-te com essa pessoa. Não precisas de a conhecer pessoalmente, precisas sim de te conectar com ela. Dá um primeiro passo. Entra em contacto.

Quando damos este passos, percebemos que há muitas soluções para os nossos desafios e que é muito mais simples do que pensamos.

Qual destes passos vais implementar primeiro?

Abraaço,

|| Se assim o sentires, partilha o artigo para que possas também ajudar alguém ♥

Os ciclos da vida!

Os ciclos da vida!

| os ciclos da vida| ♥

Sempre que se fecha um ciclo na nossa vida, significa que vivemos, que desfrutamos, que aprendemos e que temos um história para lembrar e vivências para partilhar.

Dos meus ciclos ficam sempre abraços, os olhos que comunicam, as sintonias e as palavras que não precisamos de dizer.
Os fins de ciclo representam um começo ou um recomeço. E para mim, um começo ou um recomeço, representa o novo, o que se concretiza, a oportunidade, novas pessoas, novos ritmos e uma nova vida.
Representa muito o que vale realmente a pena tirar da gaveta e cuidar.
Representam a capacidade de mudar, de re-começar, de re-acreditar, de nos colocarmos em algo novo, desconhecido. Significa acreditar em nós e nas nossas capacidades de camaleão e de nos adaptarmos a novas realidades e desafios.

Significa escutar o coração e agarrar a coragem! ♥

Este Setembro foi um verdadeiro recomeço para mim e olhar como foco e compromisso para a minha visão. ♥
Iniciei um ciclo de mais calma, mais tranquilidade, mais natureza e menos ruído. Este ciclo significa deitar cedo e acordar bem cedo e criar novos rituais antes de sair de casa. Significa caminhar todas as manhãs com a brisa fresca, o verde das árvores (ainda), a luz da manhã e o canto dos pássaros.
Significa estar a um  pulo do meu novo desafio e a um pulo de casa. Em cerca de trinta anos de vida profissional nunca trabalhei tão perto e nos dias de hoje, é mesmo uma delícia!

E o mais curioso é que até os ciclos mais tranquilos levam o seu tempo de adaptação e que nem sabemos muito bem o que fazer ao tempo! Parece que os dias afinal têm mais que 24 horas e que as semanas são mais curtas!
Que a nossa energia chegou não se sabe de onde e que observamos coisas que sempre estiveram naquele lugar, mas que não as víamos!

Sempre que fecho um ciclo, tenho a sorte de trazer pessoas queridas no coração e que ficam dentro de um abraço. Lembrar-me-ei delas, sempre! E isso, é o melhor da vida! ♥

E a grande aprendizagem é, guardar com amor o melhor de cada ciclo e o tanto que aprendemos, sobretudo, sobre nós. E lembrarmos sempre, que a vida é feita de muitas ciclos! E ainda bem!

Vamos Setembro. Que este meu novo ciclo é tanto de instrospectivo, como de partilha!

Um Abraaço! ♥

maio ♥

maio ♥

maio ♥

mês bonito em que renovo o ciclo, com mais uma primavera a chegar e mais uma primavera vivida. e num instantinho estamos do quinto mês do ano.
para mim, mês do meu aniversário, importa-me sempre olhar para o ano até aqui e o tanto que já caminhei.
o que alcancei – que foi muito. onde não cheguei – sim e para o que fica para trás e está tudo certo. Comigo e com cada uma de nós.

mais do que quantificar, é saber-me presente no caminho que escolhi para mim.

com mais ou menos desafios, com mais ou menos sucessos e com mais ou menos aprendizagens. a vida é assim, uma linha de altos e baixos. aprendo a celebrar quando a linha subiu. e a melhorar quando em baixo e depois, faço a linha subir novamente, porque assim eu o escolhi. Sabendo que ambas são importantes.

nos meus passos, escolho onde insistir e persistir e onde deixo ir. deixar ir o que não me serve, o que me pesa, o que me atrasa e por isso, o que não me deixa avançar. Sim, há alturas para insitir e há alturas, pessoas e situações para deixar ir e ciclos para fechar. deixar ir, é na maioria das vezes, um acto de amor próprio. deixo ir, em paz e amor, de bem comigo e com a escolha que fiz. ao deixar ir, abre-se espaço para o que de verdade importa e está a chegar. 🍃

obrigada abril. ♦ pela coragem que tive de continuar a olhar para dentro com compaixão e amor, pelas pessoas com quem caminhei e pelos laços e abraços que me amparam sempre. ♥

para maio. aproveitar os dias grandes de sol, continuar a trabalhar e a criar o que temos em mãos [o máximo máximo máximo que conseguirmos!], escutar mais o coração e seguir mais a intuição, estar com as pessoas-sol, agarrar com muita força o nosso poder pessoal, respirar-fundo, meditar, conversar com o nosso diário , fazer coisas que nos inspiram, manter consistentes os rituais importantes para cada uma de nós, diariamente, e fazer todos os dias, sempre, um bocadinho mais do que nos aproxima do nosso sonho! ♥

maio. bem vindo.🍃

Cuida do PORQUÊ e o COMO tratará de si próprio.

Cuida do PORQUÊ e o COMO tratará de si próprio.

“Cuida do PORQUÊ e o COMO tratará de si próprio.”

Muitas vezes pergunta-mo-nos primeiro COMO vamos fazer algo. Pensamos em mil e uma maneiras, nos timmings, qual o resultado, etc.

Hoje sei, ser mais importante fazermos a pergunta: PORQUÊ? Porque é que decidimos fazer algo em determinada área da nossa vida ou em várias? Parei para pensar nesta acção, foi mais um acto automático ou é o que a maioria das pessoas faria? Este PORQUÊ está alinhado com a minha direcção, os meus valores e a minha essência? Com o que escolhi para a minha vida? Este PORQUÊ vai fazer-me feliz e realizada? Que impacto tem a partir do dia 1 na minha vida?

Qual é o MEU PROPÓSITO MESMO?

Neste exercício de percebermos o Porquê [do que fôr] provavelmente estamos sozinhas na nossa avaliação e é normal. A verdade é que cada uma de nós é única e tem no seu Porquê toda a sua identidade. Sempre nos disseram que deveríamos ser e pensar de forma parecida, dentro da “normalidade”. A verdade é que sabemos hoje ou melhor, começámos a ter consciência que somos únicas, cada uma com uma identidade própria e em busca do que realmente nos faz feliz. Sabemos também que o que é bom para o propósito de uma de nós, poderá não ser bom ou poderá não servir o propósito da outra.

Gosto muito do conceito de comunidade em que respeitamos a identidade própria e caminhamos juntas na diversidade. E sobretudo, criamos um sistema de apoio, uma rede de suporte e a possibilidade de análise por diversos ângulos em que as nossas histórias não só são únicas mas como também se cruzam em diversos pontos. 

O PORQUÊ é a nossa base, a nossa Essência alinhada com o nosso Ser-Criar-Fazer. É o ponto de partida que abre caminho para o COMO e para tudo o resto.

E TU, sabes o qual é o Teu Porquê?
Cuida do TEU PORQUÊ e o Como cuidará de si próprio!
** se fizer sentido para ti, manda-me uma mensagem aqui e partilhamos pensamentos e ideias! ♥
no início de mais um ciclo

no início de mais um ciclo

no início de mais um ciclo, mantemos com carinho no nosso coração. os que ficaram, os que chegaram e os que nunca partiram.
os que moram fora, deixamos ir com carinho. largamos. desejando o melhor, sempre. há caminhos que se cruzam mas que não se alinham. e está tudo certo, só precisamos perceber isto mesmo. todas as pessoas que se cruzam connosco aportam-nos sempre algo e mesmo que não achemos ou sintamos, ficam no mínimo todos os ensinamentos.

no início de mais um ciclo, reconhecemos que podemos não só ser mais, como fazer mais. percebemos que somos os nossos melhores amigos ou/e também os nossos inimigos se não estivermos despertos e alinhados com o o nosso propósito.

percebemos que o importante é escolher o que é intencional e não o que mais fácil ou suposto. que a se coragem  conjuga todos os dias de várias formas e que o amor nos acompanha. o amor por nós próprios e pelo nosso propósito. ♥

lembramos que estamos sempre onde é suposto estarmos, com o compromisso forte e consciente. para muitos de nós o compromisso é o que nos aperta o coração porque sabemos que a partir desse momento, o compromisso deixa de ser só connosco e passa a ser de outros também. por isso precisamos de nos comprometer com a nossa felicidade, acima de tudo. agarramos o coração, abraçamos a fé, acreditamos no amor e definitivamente, arragaçamos a mangas e fazemos acontecer.

no início de mais um ciclo, olhamos para o que ficou por fazer, criar ou ser, e percebemos que na maior parte do tempo demos o nosso melhor. não chegou. é preciso mais. mais entrega. mais invetimento, dormir menos. trabalhar mais inteligentemente, parar para meditar e para alinhar os pensamentos, desejos e intenções.
percebemos que ficámos àquem [do que tínhamos pensado para nós], não com os olhos do julgamento, mas da consciência, sinceridade e da aprendizagem. agarramos em tudo o que aconteceu e planeamos, de novo se necessário e retomamos com ainda mais coragem e com todas as aprendizagens.
pensamos nos nosso desafios como “casos de estudo”. muitas vezes, pensamos que só nós vivemos certas experiências ou certos desafios. não é verdade. muitas pessoas, cada uma com a sua história, vive histórias da mesma cor e tem angústias da mesma forma. pegamos no que vivemos e partilhamos, não para nos expormos mas para com o nosso exemplo podermos ajudar também outras pessoas. eu aprendo e inspiro-me muito com outras histórias. tomamos para nós e para os outros a palavra, cooperação.

no início de mais um ciclo, observamos orgulhosos o tanto que já caminhámos e estamos imensamente gratos pela nossa coragem, entrega e amor que colocámos em todas as coisas que fizemos! ♥
percebemos que neste caminho. aprendemos a olhar para os desafios com outros olhos e com outro mindet, melhorando as perguntas.

no início de um novo ciclo, trocamos o: é impossível. para: como é que eu posso?
[o que seja realmente importante para ti! ♥]
e que este seja um ciclo imensamente feliz para todos nós! ♥♥

[junta-te a nós no grupo! até já!]

porquê.

porquê.

o porquê é o que nos guia. verdadeiramente. ♥
[ e se não caminhamos a partir do nosso porquê, deveríamos! todos nós! ♥]
o porquê é a nossa essência, o que somos. o que nos motiva, o que nos move, o que nos faz sonhar, o que nos faz acreditar, o que nos faz levantar sempre mais uma vez depois de uma aprendizem, é o que nos inspira. e, é muitas vezes com o nosso porquê, que inspiramos tantas outras pessoas.  acredito que o nosso porquê nunca é verdadeiramente só nosso, é de certa forma uma extensão nossa porque nunca caminhamos sozinhos. há sempre alguém que inspiramos com uma palavra, com uma frase, um pensamento ou uma acção.
por isso é tão importante, por cada um de nós e pela humanidade! ♥

e se por alguma razão te sentires perdida, escuta o coração. ele sabe sempre, se aprendermos a serenar o ruído, interno e externo. conecta-te contigo própria, e volta ao início, ao começo, à visão. ao sonho. retoma onde ficaste, nutrindo sempre o quanto já caminhaste.
clarifica o teu porquê. avança. sempre. ♥

[se assim o sentires, manda-me uma mensagem aqui] até já

concluir.

concluir.

concluir! ♥ palavra para esta semana!

quantas vezes não temos “mil e uma” coisas em mãos e por isso, muitas vezes não terminamos nenhuma delas?
não sei como é convosco, mas a mim acontece-me mais vezes do que gostaria. :=( no meio de tantas coisas importantes que quero criar e partilhar, disperso o meu pensamento e divido a miha enrgia nas mesmas e não termino o que quero. é uma disciplina e um comprimisso. sei!
por vezes são coisas simples. algo para arrumar ou escolher em casa. terminar de ler um livro que olha para nós há tantos meses que já perdemos a conta. terminar de criar algo que está nossa cabeça e que não há meio de sair para o papel. ou mesmo  concluir o que já está no papel e precisa de sair para o mundo! ♥
o exercício não é nos julgarmos. sabemos como estamos. o exercício é nos corrigirmos e fazermos um bocadinho mais todos os dias para que possamos concluir de vez ou mais depressa!
esta semana, espero que termines algo que seja importante para ti nem que pareça a coisa mais insignificante do mundo! se já a criaste para acontecer, é porque importa!
vamos a isso! boa semana! ✨

Maria

A Tua Voz Importa!

A Tua Voz Importa!

A Tua Voz Importa. ♥
A tua voz interior é na verdade determinante. a mais importante .✨ a que te lembra os teus sonhos todos os dias, a que te “obriga” a fazer mais um bocadinho todos os dias porque sabe quão importante é, a que te diz que hoje não estiveste bem e que não deste o teu melhor e que desde que saibas disso, sabe também, que amanhã podes sempre melhorar. ♥
A tua voz interior precisa que lhe dês importância. precisa que a mimes, que a encorajes e que lhe digas que estás atenta e que estás consciente do teu caminho, do teu tempo, da tua entrega.✨
A tua voz interior sabe que a deves escutar, quem deves escutar e a quem te aliares para caminhar contigo. Escuta. Fica atenta aos sinais. Respeita. ✨
A tua voz interior é o teu mais precioso aliado ♥ Mas nota, à tua voz interior tens que pedir que seja honesta, forte, resiliente e ter fé [ver o que ainda não está lá! ☀]. tens que a trabalhar todos os dias, em todos os momentos e em todas as circunstâncias.
Se a tua voz interior vem do coração ♥ então confia. Está tudo certo.♥

Maria * Descobre o Teu Potencial