ReComeço!

ReComeço!

Recomeço! Imensamente feliz!
Espero profundamente que me acompanhes nesta viagem que sei que vai ser especial. Como eu e tu, somos.

Quero registar para ter sempre porque nasceu este Projecto e criei o Blog. Porque muitas vezes no caminho temos que voltar a olhar para o porquê.

Comecemos pelo início.
Em 2017 fiz 50 anos. Meio século. É extraordinário pensar em mim com meio século de idade porque confesso que o espírito tem 30 ou menos e cheia de planos para o futuro.
Quando penso que tenho uma filha com quase 24 anos, o tempo urge, mesmo.
Qualquer dia sou avó e quero ter Tempo para os meus netos! 🙂 🙂

Entre celebrações, pensamentos e reflexões, dou comigo a pensar quão rápido a vida passa e na montanha de coisas que ainda quero fazer! E também, no tempo que perdemos a viver os dias de modo igual, um atrás do outro, semana atrás de semana e quando damos por nós passou um ano e percebemos que não avançámos tanto quanto poderíamos e queríamos ter avançado. Isto é tão somente uma constatação. Nada mais.
Sei que é sentimento comum a muitas pessoas com quem me tenho cruzado, muitas vezes também não verbalizado nem partilhado e, por isso decidi fazer algo pela minha e pelas nossas vidas.

Não vou maçar-te  com um descritivo exaustivo da minha vida profissional J só dar-te a conhecer um pouco do meu percurso porque está naturalmente ligado com este projecto.
Acho que sempre senti que queria trabalhar com pessoas.

Lembro-me de pensar que queria trabalhar na hotelaria, ser psicóloga ou educadora de infância.
No início da minha vida profissional, escolhi a hotelaria onde estive cerca de 15 anos sendo que nos últimos a gerir pequenas equipas num hotel de Charme. Foi um tempo muito especial pela conexão com as pessoas e pelo local.
Foi o início de uma paixão, profissional, para a vida.

Juntou-se depois a necessidade e oportunidade da mudança. A área do Retalho era completamente desconhecida para mim, mas como sempre fui de abraçar desafios, este foi mais um e em boa hora. Durante cerca de 7 anos tive felicidade de gerir equipas que foi dos desafios mais gratificantes de sempre.

E foi realmente fascinante porque percebi o quão apaixonada sou pelo comportamento humano.

Como  temos, cada um de nós, um potencial ilimitado do que são as nossas capacidades e como foi maravilhoso para mim poder crescer como ser humano e como profissional, mas também igualmente maravilhoso poder contribuir para o mesmo de outras pessoas e sobretudo, como podemos trabalhar, melhorar e crescer em equipa sabendo que tudo o que vivemos, experienciámos e conquistámos, é património de casa um de nós. Mesmo que não façamos nunca mais aquele trabalho, é algo que nos pertence para sempre.

Acredito profundamente e sei hoje que, tudo o que vivemos de bom ou menos bom, vai ser-nos útil em algum momento das nossas vidas, arrisco a dizer, para sempre nas nossas vidas.

Com esta minha nova paixão, pelo comportamento humano  (acho que quando pensei na Psicologia como referi antes, já estava alinhada com este meu propósito só que anda não sabia) e durante um período de desemprego surgiu um Workshop ( nada é por acaso!) que tinha como objectivo maior percebermos que apesar de estarmos na “terrível” situação de desemprego, tínhamos todo um percurso pessoal e uma série de qualidades e competências pessoais ( e tantas outras que desconhecíamos – a verdadeira razão do workshop!) que nos permitiam, caso fosse essa a nossa vontade, poder olhar para a situação com outros olhos e perceber que naquele momento, todos tínhamos tido a oportunidade de olhar para nós próprios e perceber que afinal poderíamos escolher, o que pensar e o que fazer.
Como apontamento, nesse Workshop éramos cerca de 100 desempregados dos 18 aos 70.

Para mim, este momento foi transformador e decisivo. Foi um ponto de viragem. Foi o encontro consciente com a minha paixão. Chamamos Desenvolvimento Pessoal ou Desenvolvimento do Potencial Humano e percebi desde então que era o que queria fazer para o resto da vida.

Poder começar a entender verdadeiramente o que se passava ou não na minha vida, poder dar resposta a perguntas para as quais não tinha nem ideia e poder sobretudo, mudar as perguntas no sentido de poder criar a vida que sempre pensei que gostaria de viver e que parecia tão inatingível ou mesmo, impossível.
Com esta minha descoberta, ou melhor tomada de consciência, senti e percebi, que um novo caminho se tinha aberto à frente dos meus olhos. Percebi que poderia também ajudar outras pessoas que já quisessem fazer algo mais das suas vidas. E a decisão estava tomada.

Renasce o Projecto “Descobre o Teu Potencial”.

Quando volto novamente a este tempo, muito nova, em que tive de escolher o que fazer com a minha vida (quando pensei na hotelaria, ser psicóloga ou educadora de infância) na verdade, sempre pensei que gostaria muito de estar ligada a um projecto escolhido por mim e que fizesse sentido para a minha vida, que me proporcionasse liberdade de tempo, financeira e de movimentos – para viajar – e sobretudo que pudesse estar conectada com outras pessoas que também partilhassem desta minha visão da vida. O que seria, não fazia mais pequena ideia. Mas sabia-o que seria possível, sentia-o no meu coração.
E tinha razão. O coração tem sempre razão.

Percebo hoje que tudo foi fluindo naturalmente. Depois do Workshop veio o Empreendedorismo e o Marketing de Rede e como sequência clara óbvia nos dias de hoje, o Marketing Digital. Foi até hoje uma caminhada absolutamente cheia de conquistas, de desafios e de fracassos ou seja aprendizagens. Gratificante, muito!
Todos fazem parte da equação e todos são precisos para que possa ser muito mais e melhor na minha Missão e ajudar-te a Ti também, a viveres a Vida que Escolheste e que Mereces!

A minha missão com a Mentoria em Empreendedorismo é ajudar-te a isso mesmo, a Descobrir o Teu Potencial de forma a que possas viver em pleno da Tua Paixão. Com a Consultoria do Marketing Digital dás a conhecer a o teu projecto da forma correcta e o potencias o teu negócio.

Por aqui irei partilhar muitas experiências, vivências e conhecimento.
Espero que possamos partilhar esta caminhada! vamos conectar-nos,

Estamos a viver o primeiro dos melhores anos!

– Maria

8 Replies to “ReComeço!”

  1. Parabéns Maria, adorei este texto. Estou de queixo caído pelo talento que mostras. Com este recomeço e com a garra que tens, ninguém mais te detém no percurso para o sucesso. Estás garantidamente a iniciar a melhor fase da tua vida, “o primeiro dos melhores anos”.
    Até porque 50 anos é uma idade espectacular.
    Forte abraço
    Antonio Lima

    1. Obrigada António! 🙂 Também assim o sinto. É o virar de uma página! Que bom que caminhamos juntos! Este também é o vosso ano!
      Abraço forte, MariaAB

  2. Obrigado Maria Aboim pela partilha neste teu artigo, desejo muito Sucesso e sai que esse Sucesso vai ser uma realidade pelo fato da garra que tens em não desistir !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao publicar um comentário neste site, concordas com a politica de privacidade do site acerca de como os teus dados são guardados e geridos.